TERRA, PLANETA ÁGUA.

Como o varejo pode levar boas maneiras ao consumidor final
8 de Maio de 2019
Consumidor ou consumista? A diferença que faz a diferença
9 de Maio de 2019
Mostrar todos

TERRA, PLANETA ÁGUA.

(Foto: Unsplash)

Por: Renata Namo

ANTES QUE O MAR VIRE SERTÃO

A questão da escassez da água já está ultra super divulgada nos dias de hojee. É pouco provável que algum ser humano com mais de 5 ou 7 anos, de qualquer classe social, condição cultural, econômica, racial ou localização geográfica não tenha ouvido falar a esse respeito. Portanto, a falta de informação não é mais o problema. O tema vive entre nós como uma espécie de fantasma.

Eu desligo a torneira para escovar os dentes? Sim, claro! Quero dizer… às vezes me esqueço… Diminui o tempo embaixo do chuveiro? Sim, um pouco… Veja bem… Portanto, no que depender de mim, o planeta está frito. Ou melhor, seco.

Porém, infelizmente, acredito que as minhas (não) atitudes são muito semelhantes às da grande maioria…

É por isso, iniciativas como a Pegada Hídrica são cada dia mais necessárias. Elas vêm institucionalizar atitudes, desenvolver técnicas, processos e tecnologias para alavancar resultados em escala.

Fazendo uma comparação com outra questão também ambiental – o descarte de lixo – vamos encontrar um cenário muito diferente em que cada formiguinha do nosso gigantesco formigueiro tem feito a sua parte e o resultado já pode ser percebido.

São iniciativas que vão desde as lixeiras coloridas encontradas na maioria das residências até a indústria da manufatura reversa que cresce a cada ano no mundo inteiro. Essa nova perspectiva serve como incentivo para a questão hídrica.

Voltando ao Planeta Água, vamos dar uma olhada em alguns dados*:

  • 2,1 BI de pessoas não têm acesso a uma fonte segura de água potável
  • Mais de 80% dos esgotos gerados pela sociedade retornam ao meio ambiente
    sem tratamento adequado
  • Nos últimos 100 anos estima-se que de 64% a 71% das zonas úmidas naturais
    (com o Pantanal) tenham desaparecido devido a atividades humanas
  • De acordo com a ONU, cada pessoa necessita de 110 litros de água por dia
    para sua necessidade básica e de higiene
  • Um americano consome em média 540 litros por dia!

Se os dados pessimistas abundam, a água mingua a cada dia, afetando principalmente os países menos desenvolvidos.

Só que um dia, a escassez hídrica vai bater na porta de todos.

Se, o exemplo do descarte de lixo serve como inspiração e motivação, também as iniciativas que ainda são apenas nascentes na questão da água, merecem todo o nosso empenho e mobilização.

É o caso da Pegada Hídrica que, atualmente, avança com bom pace no Brasil, seguindo as propostas da Water Footprint, organização internacional sem fins lucrativos que criou um indicador de água que mede e analisa a quantidade de água gasta para fabricar um produto. Através dessa iniciativa de alcance global, já é possível mesurar o gasto “oculto” de água e buscar a conscientização das pessoas e das empresas.

Se já não é possível reverter os índices, ainda é possível estancar a enxurrada de práticas abusivas e irresponsáveis e por parte das indústrias e os maus hábitos por parte dos cidadãos.

*Fonte dos dados: Revista Exame – março de 2018

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

USE A SUA VOZ PARA PROVOCAR MUDANÇAS NA MODA!

Preencha o formulário e descubra como você pode ajudar a MODA a reduzir seu consumo de água!
Faça parte dessa causa!