Green Carpet 2019. Um premiação onde todos saem vencedores

Mais de mil itens descartados incorretamente na Praia Brava são recolhidos durante festival de surfe
23 de setembro de 2019
“O tempo para conversar acabou. Chega um momento que você precisa agir.” Diz CEO da Gucci. “
25 de setembro de 2019
Mostrar todos

Green Carpet 2019. Um premiação onde todos saem vencedores

Aconteceu na Teatro Scala de Milão, em 22 de setembro de 2019, durante a Milan Fashion Week, mais uma edição do Green Carpet Fashion Awards. Com a maior repercussão de mídia da história, a premiação reflete o compromisso das grandes maisons de moda com a sustentabilidade. O evento desse ano se propõe a “Trabalhar com afinco para abraças mudanças rápidas, preservando a herança e a autenticidade de pequenos produtores” conforme o site Eco-age.

Abaixo, apresentamos a lista dos vencedores de todas a categorias e, dessa forma, esperamos oferecer a dimensão do evento que deixou claro que a sustentabilidade não é mais uma questão passageira ou mera tendência de estação. É um compromisso amplo e profundo com o futuro do planeta que toda a indústria da moda tem se comprometido, cada dia mais, a ser porta-voz e grande protagonista.

“Grandes nomes da indústria da moda estavam sentados na plateia, como a diretora da Vogue USA, Anna Wintour, as modelos Doutzen Kroes, Amber Valletta, Isabeli Fontana, Candice Swanepoel, Elisa Sednaoui, Toni Garn, Elsa Hosk e Alessandra Ambrosio. Além de Stella McCartney, Angela Missoni, Rosita Missoni, Pierpaolo Piccioli, Renzo Rosso, Paolo e Gildo Zegna, Tomaso Trussardi e Alessandro Sartori.

Em relação à cerimônia de premiação, estatuetas Chopard em ouro certificado “Fairmined” foram concedidas aos vencedores. O “GCFA Visionary Award” foi entregue ao líder da Kering, François-Henri Pinault, enquanto o prêmio “GCFA Circular Economy Award” foi conquistado pela Healthy Seas.

 Na categoria “Technology and Innovation”, a estatueta foi concedida à Walter Perretti, presidente do SICIT, grupo italiano de química, e ao diretor geral, Massimo Neresini. O “Social Media Changemaker Award” foi concedido à modelo Doutzen Kroes, enquanto o “Franca Sozzani Award” de “Melhor Designer Emergente’” foi para Flavia La Rocca.

Além disso, o projeto social indiano “I was a Sari” ganhou o “Responsible Disruption Award”, enquanto o “North Star Award” foi entregue aos representantes do NYU Stern Center for Business and Human da NYU e da associação internacional Union of Concerned Researchers in Fashion.

 O “CNMI Award in recognition of Sustainability” foi concedido à Elia Maramotti, da Max Mara, e Alessandro Sartori e Gildo Zegna, da Zegna.

A estilista Stella McCartney ganhou o prêmio “Groundbreaker”, enquanto “The Art of Craftsmanship” foi para ao bordador milanês Pino Grasso.

Por fim, o “Eco Stewardship Award” foi concedido aos gondoleiros de Veneza.”

Trecho extraído de matéria do site Fashion Network Brazil

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

USE A SUA VOZ PARA PROVOCAR MUDANÇAS NA MODA!

Preencha o formulário e descubra como você pode ajudar a MODA a reduzir seu consumo de água!
Faça parte dessa causa!