“O tempo para conversar acabou. Chega um momento que você precisa agir.” Diz CEO da Gucci. “

Green Carpet 2019. Um premiação onde todos saem vencedores
25 de setembro de 2019
Greta Thunberg, who is that girl?
25 de setembro de 2019
Mostrar todos

“O tempo para conversar acabou. Chega um momento que você precisa agir.” Diz CEO da Gucci. “

Gucci abraça o ambicioso plano de tornar-se completamente neutra em carbono.

A companhia parte da premissa que a crise climática não é coisa do futuro – ela já está aqui, manifestada em desastres naturais como o furacão Dorian e os incêndios na Califórnia. (No caso do Brasil, as queimadas na Amazônia e a tragédia de Brumadinho, são alguns exemplos dentre muitos outros, infelizmente.)

Leia a seguir matéria do site de tecnologia e tendências Fast Company.

“ A indústria da moda tem um papel importante a desempenhar na aceleração ou desaceleração das mudanças climáticas. Atualmente, representa mais de 8% das emissões globais de carbono, o que é mais do que todos os voos internacionais e transporte marítimo combinados. E, no entanto, apenas um punhado de marcas tem planos de enfrentar o problema, e menos ainda são neutros em carbono.”

Marco Bizzarri, CEO da Gucci, quer que sua marca assuma a responsabilidade por todo gás de efeito estufa que emitir. Até agora, a marca trabalha para reduzir suas emissões e compensar qualquer carbono que sai das instalações de propriedade da Gucci.

Bizzarri diz que esse compromisso se estende até os recantos mais profundos de suas operações fabris, incluindo os curtumes e as fábricas onde as matérias-primas são processadas. Cada unidade de carbono será compensada pelo apoio a projetos de conservação florestal nos países em desenvolvimento por meio de uma iniciativa internacional chamada REDD +.

Todas as emissões da marca a partir de 2018 foram medidas e compensadas, e atualmente ela rastreia suas emissões de 2019, que serão totalizadas e compensadas no próximo ano.

É muito difícil rastrear quanto carbono uma marca de moda libera, porque as cadeias de suprimentos de vestuário e calçados são muito vastas e complexas.

Bizarri está bem ciente disso, mas acredita que o setor não deve esperar para agir até aperfeiçoar seus cálculos de carbono: as marcas precisam agir de boa fé com base nas melhores informações disponíveis.

Estamos usando muitos modelos matemáticos de diferentes universidades”, diz Bizzarri. “É claro que sempre há espaço para aperfeiçoar essas metodologias – e estamos abertos a conversar com qualquer pessoa que possa nos dar sugestões -, mas eu realmente acredito que precisamos apenas começar em algum lugar.

Para isso, a Gucci conta com os padrões estabelecidos pelo Greenhouse Gas Protocol, uma organização internacional que ajuda as empresas a medir emissões.

Existem três níveis: O mais básico, chamado Escopo Um, envolve a identificação de emissões nas propriedades que a própria empresa possui ou controla, como caminhões, escritórios e lojas de varejo. O próximo, chamado Escopo Dois, leva em consideração as emissões da eletricidade que a empresa compra. A grande maioria das empresas que trabalham em prol da neutralidade de carbono, incluindo a Kering, controladora da Gucci, concentra-se nesses dois escopos. Agora, a Gucci está além dos mandatos de Kering, rastreando e compensando o escopo três, que abrange todas as suas emissões indiretas por meio de fábricas e fornecedores de terceiros.

A Gucci possui uma equipe interna de sustentabilidade que trabalha com auditores externos. Esse time tem a tarefa de fazer parceria com pesquisadores do clima, incluindo cientistas da Universidade de Cambridge, para ficar a par das mais recentes ferramentas de medição e modelos matemáticos. Bizzarri espera que outras marcas estejam assistindo e prestando atenção.

Não queremos fazer isso sozinhos”, diz ele. “Toda a indústria da moda precisa colaborar e cooperar para causar impacto.

Tamu juntos Sr. Bizzarri ‘-)

Comentários

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

USE A SUA VOZ PARA PROVOCAR MUDANÇAS NA MODA!

Preencha o formulário e descubra como você pode ajudar a MODA a reduzir seu consumo de água!
Faça parte dessa causa!